HOMILIAS

III DOMINGO DO TEMPO COMUM - A (DOM ANSELMO, OSB)

26/01/2020 - Na Liturgia da Palavra deste domingo o evangelista São Mateus nos apresenta o início da missão pública de Cristo, que começa nas cidades e aldeias da Galileia. Neste ambiente simples, tido como uma região pagã e excluída da salvação, que Jesus começa ensinando que ninguém está excluído do amor de Deus. O profeta Isaías já havia prenunciado que nesta terra, destinada às tribos de Zabulão e de Neftali, teria conhecido um futuro glorioso: o povo imerso nas trevas teria visto uma grande luz (cf. Is 8,23-9,1), a luz de Cristo e do seu Evangelho (cf. Mt 4, 12-16).

Leia mais
II DOMINGO DO TEMPO COMUM - A (DOM ANSELMO, OSB)

19/01/2020 - Neste domingo iniciamos o chamado Tempo Comum da liturgia. O Tempo Comum é um período do ano litúrgico de trinta e quatro semanas, nas quais são celebrados, na sua globalidade, os mistérios de Cristo. Comemora-se o próprio mistério de Cristo em sua plenitude, principalmente aos domingos. Durante este tempo litúrgico o celebrante usa o paramento de cor verde, ressaltando que os cristãos devem sempre estar na esperança da volta do Messias.

Leia mais
FESTA DO BATISMO DO SENHOR -A (DOM ANSELMO, OSB)

12/01/2020 - Com a Festa do Batismo do Senhor conclui-se o tempo de Natal e somos convidados a irmos, como peregrinos até às margens do Rio Jordão para participar de um misterioso acontecimento: o Batismo de Jesus por parte de João Batista.

Leia mais
SOLENIDADE DA EPIFANIA DO SENHOR - A (DOM ANSELMO, OSB)

5/01/2020 - Neste domingo celebramos a solenidade da Epifania do Senhor e mais uma vez somos colocados diante da rica e abundante Palavra de Deus que nos ilumina para as nossas reflexões deste dia, onde celebramos a manifestação de um Deus que se revelou na história como luz do mundo, para guiar a humanidade em direção à terra prometida.

Leia mais
FESTA DA SAGRADA FAMÍLIA - A

29/12/2019 - Neste primeiro domingo depois da celebração do Natal, a liturgia nos convida a celebrar a festa da Sagrada Família de Nazaré. Deus quis nascer em uma família humana, quis ter uma mãe e um pai, como nós. Com isto, a Igreja nos propõe a família de Jesus como exemplo e modelo para as nossas famílias. O texto evangélico deste domingo nos apresenta a Sagrada Família no doloroso caminho do exílio, em busca de refúgio no Egito. José, Maria e Jesus experimentam uma realidade marcada pelo medo, pela incerteza e provações (cf. Mt 2, 13-15.19-23). Jesus quis pertencer a uma família que enfrentou estas dificuldades, para que ninguém se sinta excluído da proximidade amorosa de Deus. A fuga para o Egito devido às ameaças de Herodes nos mostra que Deus está presente onde o homem está em perigo, onde o homem sofre, para onde se refugia, onde experimenta a rejeição e o abandono; mas Deus está também onde o homem sonha, espera voltar à pátria em liberdade, projeta e escolhe a vida e a dignidade para si e para os seus familiares.

NATAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO - A

25/12/2019 - Celebramos a festa do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo. Nasceu para nós o Salvador. Sinal pleno de alegria. Sinal de paz e felicidade a todos quantos sentem no coração o eco alegre da mensagem da Noite Feliz que os anjos proclamam: “Glória a Deus nas alturas, e Paz na terra aos homens por ele amados” (Lc 2,14).

IV DOMINGO DO TEMPO DO ADVENTO - A (DOM ANSELMO, OSB)

22/12/2019 - No coração do Advento, ao nos aproximar do Natal, a liturgia enfatiza as figuras de José e de Maria. O texto evangélico deste domingo lança o olhar para a região da Galileia, onde Maria estava prometida em casamento a José. Antes de viverem juntos, ela ficou grávida pela ação do Espírito Santo e José, seu marido, era justo, e não querendo denunciá-la, resolveu abandoná-la em segredo. Enquanto José pensava nisso, eis que o anjo do Senhor apareceu-lhe em sonho, e lhe disse: “José, Filho de Davi, não tenhas medo de receber Maria como tua esposa, porque ela concebeu pela ação do Espírito Santo” (Mt 1,18-20).

Leia mais
III DOMINGO DO TEMPO DO ADVENTO - A (DOM ANSELMO, OSB)

15/12/2019 - A liturgia nos direciona para o terceiro domingo do advento, chamado tradicionalmente domingo "Gaudete", por causa da palavra latina com que começa o canto de entrada da Santa Missa, de acordo com o Graduale Romanum: “Gaudete in Domino semper: íterum dico, gaudete!”. Uma exortação de São Paulo aos Filipenses: “Alegrai-vos sempre no Senhor: de novo eu vos digo: Alegrai-vos! (Fl 4,4-5). O tema da alegria também aparece na oração da coleta: “Chega às alegrias da salvação...”; e na oração a ser feita após a comunhão: “Que estes sacramentos nos purifiquem dos pecados e nos preparem para as festas que se aproximam”. A Igreja nos faz este convite à alegria, enquanto nos preparamos para celebrar o Natal do Senhor.

Leia mais
SOLENIDADE DA IMACULADA CONCEIÇÃO - A

8/10/2019 - No itinerário do Advento, a liturgia nos convida a celebrar a solenidade da Imaculada Conceição de Maria: a criatura destinada a ser a Mãe do Redentor, sendo preservada do contágio do pecado original. O Papa Pio IX declarou em sua Carta Apostólica “Ineffabilis Deus”, de 1854, dizendo que Maria “foi preservada, por particular graça e privilégio de Deus Todo-Poderoso, em previsão dos méritos de Jesus Cristo Salvador do gênero humano, imune de toda a mancha de pecado original”. Tal verdade de fé está contida nas palavras da saudação que lhe dirigiu o Arcanjo Gabriel: “Salve, ó cheia de graça, o Senhor está contigo!” (Lc 1,28)

Leia mais
I DOMINGO DO ADVENTO - A (DOM ANSELMO, OSB)

1°/12/2019 - Neste domingo a Igreja começa um novo ano litúrgico, ou seja, um novo caminho de fé do povo de Deus. Os quatro domingos que precedem o nascimento de Jesus são chamados domingos do Advento. Trata-se de um tempo de penitência e vigilância, visando preparar o nosso coração para ser uma manjedoura de Jesus. Mas é também um tempo de espera, de preparação e de chegada. Esperar alguém requer uma cuidadosa e alegre preparação, mas também requer vigilância. É o "tempo de Deus" proporcionado aos homens, para que as obras e os dias se abram à dimensão do Eterno.

Leia mais