HOMILIAS

SEXTA-FEIRA SANTA - C (DOM ABADE FILIPE, OSB)

19/04/2019 - A liturgia desta tarde se desenvolve numa atmosfera de silêncio! Silêncio tão essencial para contemplamos a Santa Cruz, silêncio que permite vislumbrar o grande amor de Jesus por nós –, amor revelado ao abraçá-la pela nossa salvação. Ele que tanto amou e serviu; Jesus que passou pelo mundo tão somente fazendo o bem; Ele que trouxe aos pobres, a salvação; aos oprimidos, a liberdade; aos tristes, a alegria; Jesus que tendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até ao fim; morre Jesus crucificado em meio a tanta rejeição, sofrimento, dor, abandono, solidão.

Leia mais
QUINTA-FEIRA SANTA - C (DOM ABADE FILIPE, OSB)

18/04/2019 - São muitas as imagens, grande a riqueza da liturgia desta tarde: a Santa Cruz exaltada no canto de entrada; a despedida dos sinos (ficarão em silêncio até a Vigília Pascal na noite do Sábado Santo); o lava-pés; e no final, as Sagradas Espécies levada em procissão até a Capela do Santíssimo.

Leia mais
DOMINGO DE RAMOS E DA PAIXÃO DO SENHOR - C (DOM ABADE FILIPE, OSB)

14/04/2019 - A procissão, com a qual iniciamos esta celebração, nos fez recordar Jesus, o Rei Messias, entrando em Jerusalém. Ele entra na Cidade Santa para morrer, depois ressuscitar, e assim comunicar vida nova à humanidade. Sim, eu vim ao mundo para que todos tenha vida, e vida em abundância (Jo 10,10).

Leia mais
DOMINGO DE RAMOS E DA PAIXÃO DO SENHOR - C

14/04/2019 - Com o domingo de Ramos iniciamos a Semana Santa e somos chamados a reviver os últimos momentos de Cristo em sua peregrinação terrena. A celebração consta de dois momentos: Inicialmente temos o relato da sua gloriosa entrada na cidade de Jerusalém e, em um segundo momento, a leitura da sua gloriosa paixão.

Leia mais
V DOMINGO DO TEMPO DA QUARESMA - C

07/04/2019 - Chegamos ao quinto domingo da quaresma e a Liturgia da Palavra nos propõe, para nossa reflexão, o episódio evangélico de Jesus que salva uma mulher adúltera da condenação à morte (Jo 8,1-11). O texto nos apresenta uma disputa entre Jesus e os escribas e fariseus, a propósito de uma mulher surpreendida em adultério flagrante. Segundo a prescrição contida na Lei de Moisés (cf. Lv 20,10 e Dt 22,22-24), são condenados à lapidação o homem e a mulher em adultério. A Lei deve ser aplicada? É este o problema apresentado a Jesus. Para os escribas e fariseus, trata-se de uma oportunidade para testar a ortodoxia de Jesus e a sua fidelidade às exigências da Lei.

Leia mais
IV DOMINGO DO TEMPO DA QUARESMA - C

31/03/2019 - Em cada Celebração Eucarística, é o próprio Cristo que se faz presente no meio de nós, a nos iluminar com o seu ensinamento na Liturgia da Palavra e a nos alimentar com o seu Corpo e o seu Sangue na Liturgia Eucarística e na Comunhão. É Ele que nos ensina o caminho do acolhimento, do amor e do perdão. Neste tempo da quaresma a Igreja nos exorta a percorrer este itinerário e, para isto, o próprio Cristo nos mostra o caminho da conversão e da vida nova ao nos apresentar para reflexão a Parábola do Filho Pródigo, que é a leitura evangélica deste domingo.

IV DOMINGO DO TEMPO DA QUARESMA - C

31/03/2019 - Em cada Celebração Eucarística, é o próprio Cristo que se faz presente no meio de nós, a nos iluminar com o seu ensinamento na Liturgia da Palavra e a nos alimentar com o seu Corpo e o seu Sangue na Liturgia Eucarística e na Comunhão. É Ele que nos ensina o caminho do acolhimento, do amor e do perdão. Neste tempo da quaresma a Igreja nos exorta a percorrer este itinerário e, para isto, o próprio Cristo nos mostra o caminho da conversão e da vida nova ao nos apresentar para reflexão a Parábola do Filho Pródigo, que é a leitura evangélica deste domingo.

Leia mais
III DOMINGO DO TEMPO DA QUARESMA - C

24/03/2019 - A liturgia deste terceiro domingo de Quaresma traz novamente à nossa reflexão o tema da conversão e nos convida a reconhecer o mistério de Deus, que se torna presente na nossa vida. É o que ressalta a primeira leitura tirada do Livro do Êxodo e nos mostra Moisés diante da sarça em chamas, que não se consome. Ele observa este prodígio, quando uma voz pronuncia o seu nome e o convida a tomar consciência da sua indignidade. Esta mesma voz lhe ordena a tirar as sandálias, porque o lugar é santo. Deus revela a Moisés o seu próprio nome, ao dizer: “Eu sou aquele que sou!” (Ex 3,14), para que ele o comunique ao povo de Israel. Trata-se de uma frase que deve ser entendida no sentido de “estar presente”, ou seja, “eu existo para ti”. Deus é aquele que existe para a humanidade, para que todos possam sentir sua presença e proximidade. É o anúncio do que Deus tornará um dia: o Emanuel, isto é, o Deus conosco.

Leia mais
II DOMINGO DO TEMPO DA QUARESMA - C

17/03/2019 - Chegamos ao segundo domingo de Quaresma e a liturgia da Palavra nos convida a meditar acerca das sugestivas narrações da Transfiguração de Jesus. No alto do Monte Tabor, na presença dos Apóstolos Pedro, Tiago e João, testemunhas privilegiadas deste importante acontecimento, Jesus é revestido, também exteriormente, da glória de Filho de Deus que lhe pertence. O Senhor Jesus, que pouco antes tinha prenunciado a sua morte e ressurreição (Lc 9,22), oferece aos discípulos uma antecipação da sua glória.

Leia mais
I DOMINGO DO TEMPO DA QUARESMA - C

10/03/2019 - Na última quarta-feira, com o rito da imposição das cinzas, entramos no clima penitencial da Quaresma, um tempo litúrgico que nos recorda os quarenta dias transcorridos por Jesus no deserto e constitui para todos os batizados um forte convite à conversão. Trata-se de um itinerário de quarenta dias que nos conduzirá ao Tríduo Pascal, memória da paixão, morte e ressurreição do Senhor, o coração do mistério da nossa salvação.

Leia mais