HOMILIAS

XV DOMINGO DO TEMPO COMUM - C (DOM ANSELMO, OSB)

14/07/2019 - O Evangelho deste domingo inicia com a pergunta feita por um doutor da Lei faz a Jesus: "Mestre, o que devo fazer para possuir a vida eterna?" (Lc 10,25). Sabendo ser ele um perito nas Sagradas Escrituras, Jesus convida aquele homem a dar ele mesmo a resposta, que de fato formula perfeitamente, citando os dois mandamentos principais: amar a Deus com todo o seu coração, mente e forças e amar o próximo como a si mesmo. Então o doutor da Lei, quase para se justificar, pergunta: "E quem é o meu próximo?" (Lc 10,29).

Leia mais
XIV DOMINGO DO TEMPO COMUM - C (DOM ANSELMO, OSB)

7/07/2019 - A Liturgia da Palavra deste domingo nos oferece algumas reflexões com uma temática missionária. O texto do Evangelho começa por nos apresentar o número dos discípulos enviados: setenta e dois (v. 1). Trata-se, evidentemente, de um número simbólico e certamente esse número se refere à totalidade das nações pagãs que habitavam a terra. Significa, portanto, que a proposta de Jesus é uma proposta universal, destinada a todos os povos, de todas as raças.

Leia mais
SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO - C (DOM ANSELMO, OSB)

30/06/2019 - Celebramos neste domingo a solenidade dos santos Pedro e Paulo, que, por graça do Espírito Santo, tornaram-se as pedras fundamentais do cristianismo. Esta solenidade nos faz recordar o martírio destes dois apóstolos, que foram mortos por ocasião da perseguição de Nero, por volta do ano 64.

Leia mais
XII DOMINGO DO TEMPO COMUM - C (DOM ANSELMO, OSB)

23/06/2019 - Neste domingo o texto evangélico traz uma pergunta formulada por Jesus aos seus discípulos: “E vós, quem dizeis que eu sou?” Os discípulos respondem: “Uns dizem que és João Batista; outros, que és Elias; mas outros acham que és algum dos antigos profetas que ressuscitou” (v.19). Na opinião do povo, Jesus é comparado aos grandes personagens apresentados pela Sagrada Escritura, mas não o reconhecem como Messias, certamente porque a postura de Jesus não correspondia àquilo que se esperava de um rei forte e vencedor.

Leia mais
SOLENIDADE DE CORPUS CHRISTI - C (DOM ABADE FILIPE, OSB)

20/06/2019 - Hoje, Corpus Christi, nos recorda e ao mesmo tempo renova o mistério da Quinta-Feira Santa, na qual Jesus antes de sua morte redentora, se doa com o seu Corpo e o seu Sangue, como alimento para a vida do mundo e da nossa alma.

Leia mais
SOLENIDADE DA SANTÍSSIMA TRINDADE - C (DOM ANSELMO, OSB)

16/06/2019 - Celebramos neste domingo a Solenidade da Santíssima Trindade, que, em certo sentido, recapitula a revelação de Deus advinda dos mistérios pascais: morte e ressurreição de Cristo, sua ascensão à direita do Pai e a efusão do Espírito Santo.

Leia mais
SOLENIDADE DE PENTECOSTES - C (DOM ABADE FILIPE, OSB)

9/06/2019 - Se a primeira criação (céu, terra e o homem) foi arrematada pelo sopro de Deus, esta nova criação foi iniciada com a comunicação do Espírito Santo, através do sopro de Jesus sobre os apóstolos e a Igreja que ali nascia – sim, a Igreja que ali nasceu foi se expandindo até aos nossos dias...

Leia mais
SOLENIDADE DA ASCENSÃO DO SENHOR - C (DOM ANSELMO, OSB)

02/06/2019 - A Igreja celebra neste domingo a solenidade da Ascensão do Senhor, que deve significar para nós um canto de vitória e de esperança. Neste dia Jesus sobe ao céu, quarenta dias após a Páscoa. Contemplamos o mistério de Jesus que deixa o nosso espaço terreno para entrar na plenitude da glória de Deus. Também nós podemos olhar para o alto e reconhecer o nosso futuro. Na Ascensão de Jesus, o Crucificado Ressuscitado, há a promessa da nossa participação na plenitude de vida junto de Deus. Jesus vai para junto de Deus, mas, ao mesmo tempo, permanece conosco, ele continua sendo o Deus conosco, o Emanuel, e não nos deixa sós (cf. Jo 14,19).

Leia mais
VI DOMINGO DO TEMPO PASCAL - C (DOM ANSELMO, OSB)

26/05/2019 - Para este domingo a Liturgia da Palavra nos faz voltar ao Cenáculo. Por ocasião da Última Ceia, antes da sua paixão e a morte na cruz, Jesus diz aos seus discípulos: “Se alguém me ama, guarda a minha Palavra e meu Pai o amará, e nós viremos a ele, e faremos nele a nossa morada" (Jo 14, 23). E promete a eles o dom do Espírito Santo, que irá fazê-los recordar as suas palavras: “O Paráclito, o Espírito Santo que o Pai enviará em meu nome, ele vos ensinará todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito” (Jo 14, 26).

Leia mais
V DOMINGO DO TEMPO PASCAL - C (DOM ANSELMO, OSB)

19/05/2019 - No evangelho deste domingo temos as palavras pronunciadas por Jesus aos seus discípulos, depois de lhes ter lavado os pés, na última ceia, imediatamente antes da sua Paixão: "Filhinhos... Eu vos dou um novo mandamento: amai-vos uns aos outros. Como eu vos amei, assim também vós deveis amar-vos uns aos outros" (Jo 13,34-35). Jesus sabe que lhe restam poucas horas de vida e sente a necessidade de deixar algumas instruções com características testamentárias. Inicia com a expressão “Filhinhos” (v. 33), fazendo lembrar um pai a transmitir aos seus filhos o que é essencial e verdadeiramente fundamental. Assim como os filhos consideram sagradas as palavras que o pai lhes diz no leito, antes da morte, também Jesus quer que os seus discípulos não esqueçam jamais as suas palavras.

Leia mais